01/06/2009

Os preços como desculpa para não cuidarmos de nós.

Desculpem o desabafo mas tenho ouvido muito disparate, ultimamente, a servir de justificação para não comprar produtos BIOLÓGICOS e NATURAIS (leia-se de qualidade), ou seja a cuidar da nossa saúde. Ou é por causa da crise, ou porque o champô não cheira às maçãs verdes acabadas de colher (os que cheiram é porque têm fragrâncias sintéticas, enfim!...), etc. Mas o argumento que bate todos os outros “aos pontos” é o argumento do preço! Sim, leram bem “o preço”, porque são muito caros! Para acabar de uma vez por todas com este mito, resolvi comparar preços (e quantidades). Para isso reuni uma pequena lista de produtos, que qualquer pessoa pode usar no seu quotidiano, e fui às “compras”.

Natural
Não Natural

Champô:
Aubrey Organics - Champô de Camomila Azul – 15,75€ - 325ml
Essential Care - Champô Gentil de Ervas – 29,25€ - 500ml
Urtekram - Champô de Açúcar Amarelo – 8,99€ - 500ml

Klorane – Champô de Cidra – 12,65€ - 400ml
The Body Shop - Champô Hidratante de Mel – 14,00€ - 400ml
Aveeno – Champô Emulave – 14,10€ - 250ml
L’Oreal – Champô Liss Ultime Smoothing– 11,33 € - 250ml


Gel de duche e banho:

Dr. Hauschka -Blacthorn Body Wash - 6,90€ - 150mlUrtekram – Gel de Duche de Aloé Vera – 8,99€ - 500ml
Weleda - Pomegranate Shower Gel - 7,45€ - 200ml

Claus Porto – Body Wash Citron Verbena – 17,80€ - 350ml
Galénic – Gel Duche Tonificante – 8,70€ - 200ml

Uriage - Creme Lavante – 12,30€ - 200 ml


Loção corporal:
Aubrey Organics - Loção para Corpo e Mãos com Colagénio e Amêndoas – 19,23€ - 237ml
Essential Care - Loção Rica para Corpo e Mãos – 20,00€ - 150ml
Urtekram - Loção Corporal de Azeitona – 8,20€ - 250ml

Avene - Cold Cream – 19.75€ - 400ml
L’Oréal - Leite de corpo Age-Perfect Calcium – 9,99€ - 250ml
Vasenol - Loção Bálsamo Regeneradora Intensiva – 7,99€ - 100ml


Desodorizante:
Aubrey Organics - Deo roll-on E plus high – 10,51€ - 89ml
Urtekram – Deo roll-on de Lima – 7,79€ - 50ml
Weleda – Desodorizante de Salva - 12,00€ - 100ml

Roc - Keops Post-Epil Roll-On – 11,30€ - 50ml
Roche Posay – Toleriane Deo Stick – 8,10€ - 40g
The Body Shop – Anti-transpirante de White Musk – 9,00€ - 50ml
Uriage - Desodorizante Tri-Actif – 11,90€ - 30ml


After Shave:
Aubrey Organics - North Woods – 15,75€ - 118ml
Weleda - Bálsamo After Shave – 12,45€ - 100 ml

L’Occitane - Bálsamo After Shave Cade – 24,00€ - 75ml
Old Spice - After Shave Loção Original – 9,59€ - 100ml
The Body Shop - Bálsamo After Shave – 18,00€ - 100 ml


Óleo corporal:
Urtekram - Óleo corporal de caroço de Alperce – 17,49€ - 100ml
Urtekram - Óleo corporal para bebé – 19.15€ - 100ml

Avene – Óleo corporal – 20,17€ - 200ml
Mustela – Bebé Óleo de massagem – 10,37€ - 100ml
The Body Shop – Óleo de massagem revitalizante de Lavanda – 12,00€ - 100ml


e agora que vai começar o verão, Protector Solar:
Aubrey Organics - Protector Solar de Chá Verde - SPF 25 – 17,51€ - 118ml
Santé – Soleil Family Sun Lotion – SPF 30 – 11,95€ - 100ml

Avéne – Solar Créme Incolor – SPF 20 – 13,95€ - 50ml
La Roche Posay - Anthélios Spray - SPF 20 – 15,85 – 125ml
Piz Buin – One Day Long – SPF 30 – 24,09 – 200ml


Fantástico, não é?! Meus caros, o que penso que vai acontecer é que todos irão concluir que afinal o mito dos preços não passa disso mesmo, um mito. Mas, como dizia Winston Churchill, “Os homens tropeçam por vezes na verdade, mas a maior parte torna a levantar-se e continua depressa o seu caminho, como se nada tivesse acontecido”.

Nota: os preços apresentados são apenas referenciais e podem variar de loja para loja. Consideraram-se para a comparação produtos que, não sendo naturais, oferecem um mínimo de garantia (marcas conhecidas, com longa presença no mercado, algumas vendidas em farmácias e parafarmácias).

4 comentários:

Ki disse...

Não é um mito, é de facto verdade que os preços são impeditivos. A sua lista apresenta os produtos mais caros do mercado e alguns deles de venda em farmácia se for pegar no fructis no garnier no pantene no dove etc evidente que são muito maus a nível de conterem produtos tóxicos conservantes e etc mas são a metade do preço (no mínimo) do que os que discrimina na sua lista inclusivé os que vende. A verdade é que toda a gente gostaria de usar o melhor para a sua saúde mas é excessivamente caro comprar apenas produtos naturais. E incomportável para um orçamento familiar mediano.

Gostei do blog e da apresentação dos seus produtos e compsição.

rita c disse...

Ki, muito obrigada pelo seu comentário. Gostava, contudo, de clarificar alguns aspectos que, pelo comentário que faz, ficaram menos explícitos na comparação que faço neste artigo:
1-Não questiono o facto de certos agregados familiares terem dificuldade em poder suportar a compra de determinado tipo de produtos, muito menos numa época em que alguns estarão a sentir mais dificuldades;
2-Pretendo, no artigo, dar a entender que existem produtos “naturais” e produtos “não naturais” com o mesmo tipo de cliente potencial e nem sempre se encontram as diferenças atrás das quais as pessoas se escudam para sustentar a sua decisão de compra;
3-De facto, existem marcas, inclusive as marcas “brancas” das grandes superfícies, que facilmente oferecem um champô de 300ml a 0,99 €, ou seja muito menos de metade de qualquer um apresentado no artigo, natural ou não. Pretendo, no entanto, comparar o comparável. É verdade que alguns dos produtos “não naturais” que apresento são de venda em farmácia, contudo, também os produtos “naturais” apresentados são, por norma, vendidos em lojas mais especializadas como as de produtos biológicos ou de cosmética biológica;
4-Não é, de todo, correcto que os produtos apresentados sejam “os produtos mais caros do mercado”.

Independentemente do que refiro nestes quatro pontos, o artigo nunca deixará de ser a minha interpretação de alguns factos e espero que origine a reflexão por parte das pessoas em geral.

Melinha disse...

A verdade é que o barato sai caro e o dinheiro que poupamos provelmente vamos gastar mais tarde em consultas médicas e medicamentos.
Um grande bem haja.

rita c disse...

Melinha, obrigada pelo seu comentário.

De facto é como diz, o barato pode sair caro, por vezes caro demais e tarde demais!
Na nossa opinião vale bem a pena ponderar estas questões pois a nossa vida (...e não se resume apenas à nossa vida, não é?!) não dura dois dias.

Cumprimentos,
Rita C